Banco BMG: um milhão de traduções e dois troféus no bolso!

Imagem de fundo laranja desbotado. Na parte inferior há uma faixa marrom. Há um pódio, da mesma cor, com os números 2,1,3. Na parte do pódio em que está o número 1, há um troféu dourado escuro, que está sendo iluminado por três feixes de luz que se convergem em direção a ele.

Responsabilidade social, compromisso com a inclusão e uma comunicação efetiva. Esses são os três pilares que tornaram o BMG um exemplo premiado de empresa acessível. Mas como tudo isso aconteceu? Nesse texto, vamos contar um pouco sobre como o banco virou um Case de atendimento, e quais foram as medidas que levaram a esse grande sucesso no relacionamento com os clientes. A história completa você pode ler no Case que preparamos!

Mudando para melhor!

Boa parte dos serviços de atendimento não estão acessíveis para a comunidade surda. É muito comum que o site da instituição ou os serviços de SAC não possam ser utilizados por essa população. Isso porque grande parte das pessoas surdas no Brasil não compreendem bem o português, tendo como língua principal a Libras. Além disso, muitos desses serviços são oferecidos por meio de ligações telefônicas.

Pensando nisso, o BMG decidiu que era hora de mudar essa situação. Agora, o site do banco conta com o Hugo, o nosso tradutor virtual de Libras, tornando o conteúdo acessível para pessoas surdas que se comunicam por meio da Língua Brasileira de Sinais.

Outras medidas muito interessantes foram a implementação do atendimento através do telefone acessível e do chat acessível. Além disso, houve também a disponibilização de aulas de Libras online para os funcionários. Com isso, o BMG demonstrou preocupação na hora de atender esses clientes e se destacou pela qualidade do atendimento.

Sucesso reconhecido!

Trazendo, além da preocupação com inclusão, uma campanha de comunicação muito eficaz, o resultado foi ótimo. Em cerca de seis meses, o banco bateu 1 milhão de traduções feitas pelo Hugo no site!

E esse resultado foi reconhecido pelo mercado, além de facilitar a vida de muitas pessoas. O BMG foi vencedor do Prêmio ABT na categoria de “Responsabilidade Social”, e o Best Performance 2018, na seção “SAC e Ouvidoria”

Como a gente já disse aqui no blog, por conta do avanço da era digital, os consumidores têm cada vez mais opções. Por isso, eles optam por marcas que compartilhem de seus valores. Assim, uma comunicação forte é peça-chave na hora de divulgar o seu projeto de acessibilidade. Entenda os detalhes da campanha do BMG e como o Case com o Hugo lhes trouxe esses prêmios no nosso case completo.

Banner com fndo azul escuro. Do lado esquerdo e no centro está escrito "Seu site melhor ranqueado no Google por estar acessível em Libras". Botão escrito "quero conhecer a ferramenta". Do lado direiro a ilustração da Maya saindo de um computador.
Voltar ao topo